5 perguntas sobre… Dindi

Tom Jobim e Aloysio de Oliveira são os compositores de Dindi

Tom Jobim e Aloysio de Oliveira são os compositores de Dindi

Por Clara Albuquerque

DRT/PE 4916

Feliz Dia Nacional da Música Popular Brasileira! Foi no dia 10 de maio de 2012 que a presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei que cria a data comemorativa, celebrada em 17 de outubro. O dia foi escolhido em homenagem ao aniversário de Chiquinha Gonzaga, considerada a primeira compositora popular do país.

Para comemorar, o 5 perguntas sobre… de hoje será sobre a música Dindi.

Quando e por quem foi composta? É um samba-canção de 1959. Composição de Tom Jobim e Aloysio de Oliveira.

O que diz e pra quem diz? A letra, escrita por Aloysio de Oliveira, foi dedicada, especialmente, para a cantora Sylvia Telles, cujo apelido era Dindi e que seria sua futura esposa. É uma declaração de amor e de necessidade e contemplação do ser amado: “Se soubesses o bem que eu te quero, o mundo seria, Dindi, tudo, Dindi, lindo, Dindi”. Sylvinha foi a primeira a gravar Dindi em ocasião do LP Amor de gente moça.

Que características lembram mais sua época? Tem uma característica que era muito comum na música americana e que alguns compositores da Bossa Nova passaram a usar: o recitativo (estilo meio cantado, meio falado que surgiu na música barroca). Na Bossa, quase sempre, precediam a primeira parte da música. Geralmente, e a exemplo do que acontece em Dindi, os recitativos eram criados em modo menor modulando para a relativa maior no refrão.

O que o Brasil estava vivendo quando foi composta? O Brasil estava sendo governado por Juscelino Kubitschek (JK) que buscava implementar o seu Programa de Metas, cujo objetivo era fazer o país evoluir cinquenta anos em cinco de governo. Em 1959, foram criados alguns grupos de trabalho e execução que teriam ligação direta com a presidência como o Geicon, da indústria naval, e o Geimape, de maquinaria pesada. Mas não foi em todas as instâncias que o Programa deu certo, trazendo problemas como alta inflação. Foi em 1959, também, que aconteceram 65 greves, no país, que reivindicavam aumento nos salários. Ao negar o Plano de Estabilização Monetária, foi neste ano que JK rompeu as negociações com o FMI.

O que é capaz de despertar? Essa música desperta uma sensação de leveza e contemplação da beleza. Também, uma impressão de instabilidade, de estar perdido, especialmente no início, quando é realizado o recitativo. Parece que a sensação de segurança é estabelecida quando o eu lírico, de fato, fala do amor que sente.

No link, abaixo, você pode ouvir Dindi na voz de Sylvia Telles:

Fontes:

– KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil: no contexto da história ocidental. 8ª ed. rev. atual. ampl. São Paulo: Atual Editora, 2003.

– SEVERIANO, Jairo; MELLO, Homem Zuza de. A canção no tempo: 85 anos de músicas brasileiras Vol. 2: 1958-1985. 5ª ed. São Paulo: Editora 34, 2006.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s