5 perguntas sobre Maninha

Por Clara Albuquerque DRT/PE 4916

O 5 perguntas de hoje traz 5 respostas sobre a música Maninha.

especial50_4Quando e por quem foi composta? É uma canção de Chico Buarque de Holanda composta em 1977.

O que diz e pra quem diz? À primeira ouvida, traz a sensação de recordação de bons tempos que acabaram contra a vontade do eu que conta a história. Chega a dar a impressão de um mal de amor sofrido por alguém que foi abandonado. Chico conta que, na época, gostaria de escrever algo com a palavra “maninha” porque muito já havia se escrito com ela (assim como iaiá ioiô) e acabou por compô-la para Miúcha cantar, não pelo fato de serem irmãos. Segundo ele, maninha, na canção, tem o sentido de “querida”.

Que características lembram mais sua época? A música tem um tom metafórico muito utilizado nos anos 70, época do regime militar brasileiro. O próprio Chico, diria, no documentário Vai passar, que o pronome “ele”, do texto de Maninha, referia-se à situação da ditadura. Diz o compositor: “é uma canção zangada disfarçada de delicadeza, falando de uma infância imaginária”.

O que o Brasil estava vivendo quando foi composta? O país estava sob a repressão militar. Foi o ano em que estudantes universitários de todo o país se reuniram no campus da Faculdade de Medicina da UFMG, em Belo Horizonte, e saíram de lá presos.

O que é capaz de despertar? Uma nostalgia, uma saudade, uma procura pelo que fez algum sonho naufragar em nossa própria vida.

Abaixo, um vídeo da música Maninha na interpretação de Chico e Miúcha mais alguns comentários do compositor sobre a música. Assista!

▪ Vote na nossa enquete no box à sua direita!

Fontes:

Maninha. Chico Buarque. Disponível em: http://musicaemprosa.musicblog.com.br/414581/Maninha-Chico-Buarque/. Acesso em 13.05.2014.

Nossa história: estudantes do Brasil decidiram em 1977 enfrentar repressão militar. Disponível em: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2013/06/22/interna_gerais,410680/nossa-historia-estudantes-do-brasil-decidiram-em-1977-enfrentar-repressao-militar.shtml. Acesso em 27.03.2014.

Anúncios

5 perguntas sobre Zequinha de Abreu

Por Clara Albuquerque DRT/PE 4916

Zequinha de Abreu-foto1O 5 perguntas de hoje traz 5 respostas sobre Zequinha de Abreu.

Quem foi? Um compositor que se popularizou, na música popular brejeira, no Brasil, no início do século XX. Chamava-se José Gomes de Abreu (1880-1935) e nasceu em Santa Rita do Passa Quatro, em São Paulo.

Do que abusava, tecnicamente? Suas especialidades eram os gêneros valsa, choro, tango, marchinhas e foxtrote.

Do que mais se influenciou? Em São Paulo, estudou num seminário, onde obteve seu primeiro contato com a música. Posteriormente, a cantora Carmen Miranda o faria mais conhecido na música.

Quais as composições mais lembradas? O chorinhoTico-tico no fubá é, sem dúvida, a mais lembrada, com regravações em todo o mundo. Há, também, as valsas Branca e Aurora.

O que a sua música representou para a MPB? Ele contribuiu para que o carisma brasileiro fosse conhecido internacionalmente.

 

▪ Vote na nossa enquete no box à sua direita!

 

Fonte: Zequinha de Abreu. Disponível em: http://cifrantiga3.blogspot.com.br/2006/04/zequinha-de-abreu.html. Acesso em 12 de maio de 2014.

5 perguntas sobre a música Valsinha

Por Clara Albuquerque DRT/PE 4916

O 5 perguntas de hoje traz cinco respostas sobre a música Valsinha. Confira!

Vinicius e Chico são os compositores de Valsinha

Vinicius e Chico são os compositores de Valsinha

Quando e por quem foi composta? Em 1971 por Chico Buarque de Holanda e Vinicius de Moraes. A música é de Vinicius e a letra o próprio Vinicius assume que de Chico e que ele, apenas, deu uma “aparafusada geral”. O primeiro título, sugerido por Vinicius, para essa música foi Valsa Hippie. Na época, os compositores trocaram muitas ideias por cartas dando forma à canção.

O que diz e pra quem diz? A letra é muito bela, traz a ideia de um amor resgatado, de uma postura diferente de olhar para o outro, mesmo após tanto tempo de convivência e do quanto este olhar interfere primeiro na forma de cada um olhar para dentro, depois, na forma como as pessoas passam a olhar para quem enxerga a própria beleza interior.

Que características lembram mais sua época? Pelas cartas trocadas entre Vinicius e Chico, nota-se uma característica muito peculiar de quem se preocupa com a música enquanto arte: o texto precisava ser bem escrito e as palavras precisavam obedecer a sua pronúncia natural, mesmo cantadas.

O que o Brasil estava vivendo quando foi composta? Foi o ano em que o Brasil se retirou da Organização dos Estados Americanos porque não conseguiu um plano conjunto de ação contra o terrorismo. Foi, também, o ano de inauguração do aeroporto de Brasília e da última partida do jogador Pelé, na seleção brasileira de futebol.

O que é capaz de despertar? Sobretudo, emoção. A melodia nos leva a ficar atentos à história que está sendo contada e, no âmbito do sentimento, traz a sensação de que todos, ao ouvirem, podem se identificar, ou mesmo, contemplar a beleza da mensagem da música.

Abaixo, você pode assistir a um vídeo com o Chico fazendo observações sobre a música e a interpretando, também. Vale a pena ver!

Fontes:

Valsinha. Disponível em: http://www.deixoler.com/2007/05/valsinha.html. Acesso em 21 de abril de 2014.

Valsinha – a história. Disponível em: http://www.engrenagemhumana.com/2012/01/valsinha-historia.html. Acesso em 21 de abril de 2014.

O que aconteceu em 1971?. Disponível em: http://www.diasdoano.com.br/ano/1971.html. Acesso em 21 de abril de 2014.

Brasil cronologia. Disponível em:http://almanaque.folha.uol.com.br/brasil70.htm. Acesso em 21 de abril de 2014.

5 perguntas sobre: Canhoto

Por Clara Albuquerque DRT/PE 4916

 O 5 perguntas de hoje traz cinco respostas sobre o músico Canhoto.

canhoto Quem foi? Seu nome era Américo Jacomino, mas era conhecido como Canhoto do violão (1889-1928). O apelido veio do fato de ele não ser destro mas conseguir tocar o violão mesmo sem inverter as cordas. Compositor e instrumentista paulista, tocava bandolim e violão.

 Do que abusava, tecnicamente? Transitava, facilmente, por diversos gêneros como a polca, a valsa, a mazurca, o dobrado e o tango. Segundo o blog Cifrantiga, havia o seu vibrato característico e inigualável, que ele tirava de um violão de corpo mais fino com braço não muito rígido.

 Do que mais se influenciou? Ele nunca frequentou a escola. Aprendeu a ler e escrever com os pais, em casa. Iniciou sua carreira cantando em serenatas. Posteriormente, tocou em cinemas e, quando ficou conhecido como violonista, fez contrato com gravadoras.

 Quais as composições mais lembradas? Existe uma que é bem conhecida, chama-se Abismo de Rosas, composta quando ele tinha 16 anos. Antes do título atual, essa música já teve o nome de Acordes do violão. É considerada um hino do instrumento, presente no repertório de vários e renomados violonistas

 O que a sua música representou para a MPB? Contribuiu para a popularidade do violão sem contar na sua versatilidade tanto na execução dos gêneros musicais quanto na composição.

 Fontes:

Canhoto. Disponível em: http://cifrantiga3.blogspot.com.br/2006/03/canhoto.html. Acesso em 7 de abril de 2014.

Abismo de Rosas. Disponível em: http://cifrantiga3.blogspot.com.br/2006/04/abismo-de-rosas.html. Acesso em 7 de abril de 2014.

5 perguntas sobre João e Maria

Por Clara Albuquerque (DRT/PE 4916)

O 5 perguntas de hoje traz 5 respostas sobre a música João e Maria.

chico e sivucaQuando e por quem foi composta? Em 1947, o compositor Sivuca criou a melodia. Trinta anos depois, Chico Buarque de Holanda pôs letra. Gravou com Nara Leão e ganhou uma grande visibilidade por ter feito parte da novela Dancing Days.

O que diz e pra quem diz? Tem uma pureza, na letra, bem típica da intenção que Chico teve de fazer algo lúdico que tentasse traduzir os sonhos infantis.

Que características tem? A melodia transmite um tom ingênuo remetendo-nos a pensar em um tema infantil.

O que o Brasil estava vivendo quando foi composta? Em 1947, o Brasil estava sendo governado por Dutra. Foi o ano de fechamento do Partido Comunista Brasileiro e de rompimento entre o Brasil e a União Soviética. Trinta anos depois, quando a música ganhou letra, o país estava sob a repressão militar. Foi o ano em que estudantes universitários de todo o país se reuniram no campus da Faculdade de Medicina da UFMG, em Belo Horizonte, e saíram de lá presos.

O que é capaz de despertar? Desperta uma leveza, uma suavidade, uma sensação de querer voltar ao tempo em que se acreditava que todos os sonhos eram possíveis.

Ouça João e Maria, interpretada por Chico e Sivuca, no vídeo, abaixo:

Fontes:

– REZENDE, Renato Arruda de. 1947, o ano em que o Brasil foi mais realista que o rei. Dourados: UFGD, 2006.

João e Maria. Disponível em: http://cifrantiga3.blogspot.com.br/2006/04/joo-e-maria.html. Acesso em 24 de março de 2014.

– Nossa história: estudantes do Brasil decidiram em 1977 enfrentar repressão militar. Disponível em: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2013/06/22/interna_gerais,410680/nossa-historia-estudantes-do-brasil-decidiram-em-1977-enfrentar-repressao-militar.shtml. Acesso em 27.03.2014.