5 perguntas sobre Maninha

Por Clara Albuquerque DRT/PE 4916

O 5 perguntas de hoje traz 5 respostas sobre a música Maninha.

especial50_4Quando e por quem foi composta? É uma canção de Chico Buarque de Holanda composta em 1977.

O que diz e pra quem diz? À primeira ouvida, traz a sensação de recordação de bons tempos que acabaram contra a vontade do eu que conta a história. Chega a dar a impressão de um mal de amor sofrido por alguém que foi abandonado. Chico conta que, na época, gostaria de escrever algo com a palavra “maninha” porque muito já havia se escrito com ela (assim como iaiá ioiô) e acabou por compô-la para Miúcha cantar, não pelo fato de serem irmãos. Segundo ele, maninha, na canção, tem o sentido de “querida”.

Que características lembram mais sua época? A música tem um tom metafórico muito utilizado nos anos 70, época do regime militar brasileiro. O próprio Chico, diria, no documentário Vai passar, que o pronome “ele”, do texto de Maninha, referia-se à situação da ditadura. Diz o compositor: “é uma canção zangada disfarçada de delicadeza, falando de uma infância imaginária”.

O que o Brasil estava vivendo quando foi composta? O país estava sob a repressão militar. Foi o ano em que estudantes universitários de todo o país se reuniram no campus da Faculdade de Medicina da UFMG, em Belo Horizonte, e saíram de lá presos.

O que é capaz de despertar? Uma nostalgia, uma saudade, uma procura pelo que fez algum sonho naufragar em nossa própria vida.

Abaixo, um vídeo da música Maninha na interpretação de Chico e Miúcha mais alguns comentários do compositor sobre a música. Assista!

▪ Vote na nossa enquete no box à sua direita!

Fontes:

Maninha. Chico Buarque. Disponível em: http://musicaemprosa.musicblog.com.br/414581/Maninha-Chico-Buarque/. Acesso em 13.05.2014.

Nossa história: estudantes do Brasil decidiram em 1977 enfrentar repressão militar. Disponível em: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2013/06/22/interna_gerais,410680/nossa-historia-estudantes-do-brasil-decidiram-em-1977-enfrentar-repressao-militar.shtml. Acesso em 27.03.2014.

5 perguntas sobre: Chico Buarque de Holanda

Por Clara Albuquerque
DRT/PE 4916

especial50_4Quem é? Um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira. Compositor de músicas memoráveis e impecáveis em poesia e melodia. Ainda bem jovem, foi um dos parceiros de Vinicius de Moraes.

Do que abusa, tecnicamente? Sua música tem muitos elementos do samba e da bossa nova. Também, traços do samba-canção bolero. Suas melodias possuem requinte e estão, intimamente, ligadas às letras em um trabalho métrico invejável.

Do que mais se influencia? Para a construção de suas músicas, ele tinha o cenário urbano do Rio de Janeiro, ao qual sempre fez parte. Fala de malandros, de bêbados, de mulheres traídas, de prostitutas. Depois, o cenário político brasileiro, em especial a ditadura militar, levaria a compor bastante. Sempre foi um compositor que buscou retratar o povo brasileiro. É da época em que o rock internacional explodia com Elvis Presley, mas também escutava os sambas de Noel Rosa. Influenciou-se muito da Bossa Nova.

Quais as composições mais lembradas? São muitas, mas podemos citar Teresinha, Cálice, Apesar de você, Atrás da porta, O meu amor, Construção e Morena de Angola.

O que a sua música representa para a MPB? Uma forte atuação em protesto contra a ditadura militar, uma beleza genial com letras de um significado muito próximo e identificável com o universo da mulher.

Fonte: Chico Buarque. Disponível em: http://cifrantiga3.blogspot.com.br/2006/04/chico-buarque.html. Acesso em 9 de fevereiro de 2014.