5 perguntas sobre a música Valsinha

Por Clara Albuquerque DRT/PE 4916

O 5 perguntas de hoje traz cinco respostas sobre a música Valsinha. Confira!

Vinicius e Chico são os compositores de Valsinha

Vinicius e Chico são os compositores de Valsinha

Quando e por quem foi composta? Em 1971 por Chico Buarque de Holanda e Vinicius de Moraes. A música é de Vinicius e a letra o próprio Vinicius assume que de Chico e que ele, apenas, deu uma “aparafusada geral”. O primeiro título, sugerido por Vinicius, para essa música foi Valsa Hippie. Na época, os compositores trocaram muitas ideias por cartas dando forma à canção.

O que diz e pra quem diz? A letra é muito bela, traz a ideia de um amor resgatado, de uma postura diferente de olhar para o outro, mesmo após tanto tempo de convivência e do quanto este olhar interfere primeiro na forma de cada um olhar para dentro, depois, na forma como as pessoas passam a olhar para quem enxerga a própria beleza interior.

Que características lembram mais sua época? Pelas cartas trocadas entre Vinicius e Chico, nota-se uma característica muito peculiar de quem se preocupa com a música enquanto arte: o texto precisava ser bem escrito e as palavras precisavam obedecer a sua pronúncia natural, mesmo cantadas.

O que o Brasil estava vivendo quando foi composta? Foi o ano em que o Brasil se retirou da Organização dos Estados Americanos porque não conseguiu um plano conjunto de ação contra o terrorismo. Foi, também, o ano de inauguração do aeroporto de Brasília e da última partida do jogador Pelé, na seleção brasileira de futebol.

O que é capaz de despertar? Sobretudo, emoção. A melodia nos leva a ficar atentos à história que está sendo contada e, no âmbito do sentimento, traz a sensação de que todos, ao ouvirem, podem se identificar, ou mesmo, contemplar a beleza da mensagem da música.

Abaixo, você pode assistir a um vídeo com o Chico fazendo observações sobre a música e a interpretando, também. Vale a pena ver!

Fontes:

Valsinha. Disponível em: http://www.deixoler.com/2007/05/valsinha.html. Acesso em 21 de abril de 2014.

Valsinha – a história. Disponível em: http://www.engrenagemhumana.com/2012/01/valsinha-historia.html. Acesso em 21 de abril de 2014.

O que aconteceu em 1971?. Disponível em: http://www.diasdoano.com.br/ano/1971.html. Acesso em 21 de abril de 2014.

Brasil cronologia. Disponível em:http://almanaque.folha.uol.com.br/brasil70.htm. Acesso em 21 de abril de 2014.

Anúncios

5 perguntas sobre: Marcha da quarta-feira de cinzas

Por Clara Albuquerque
DRT/PE 4916
Vinicius de Moraes e Carlos Lyra são os compositores da música

Vinicius de Moraes e Carlos Lyra são os compositores da música

É Carnaval, gente! Em homenagem à data, o 5 perguntas de hoje traz cinco respostas sobre a música Marcha da quarta-feira de cinzas.

Quando e por quem foi composta? É uma marcha-rancho de 1963, composta por Vinicius de Moraes e Carlos Lyra.

O que diz e pra quem diz? Alguns autores atribuem a essa música o crédito de premunição do que viria a se desenrolar, no ano seguinte, no cenário político brasileiro: a ditadura militar. Por isso, pode ser-lhe atribuída o gênero de protesto. Sua letra expressa um sentimento de uma alegria que se foi, dando lugar a uma profunda tristeza: “Ninguém passa mais brincando feliz/ E nos corações/ Saudades e cinzas foi o que restou”.

Que características possui? Tem uma melodia bem melancólica. Segundo Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello em A canção no tempo vol. 2, “a passagem com o acorde de sétima maior de dó antecedendo a frase “e no entanto é preciso cantar”, após a pungente primeira parte, cria um momento mágico”.

O que o Brasil estava vivendo quando foi composta? Foi o ano anterior ao golpe militar de 64. O Brasil estava sendo presidido por Jango. Ano de criação do Estatuto do Trabalhador Rural e da Confederação dos Trabalhadores da Agricultura (Contag).

O que é capaz de despertar? A combinação de sua melodia com a letra é envolvente e emocionante.

Ouça a versão original da música, na voz de Carlos Lyra, no vídeo abaixo:

Fontes:

– KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise Manzi Frayze. História do Brasil: no contexto da história ocidental. 8ª ed. rev. atual. ampl. São Paulo: Atual Editora, 2003.

– SEVERIANO, Jairo; MELLO, Homem Zuza de. A canção no tempo: 85 anos de músicas brasileiras Vol. 2: 1958-1985. 5ª ed. São Paulo: Editora 34, 2006.

 

5 perguntas sobre: Chico Buarque de Holanda

Por Clara Albuquerque
DRT/PE 4916

especial50_4Quem é? Um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira. Compositor de músicas memoráveis e impecáveis em poesia e melodia. Ainda bem jovem, foi um dos parceiros de Vinicius de Moraes.

Do que abusa, tecnicamente? Sua música tem muitos elementos do samba e da bossa nova. Também, traços do samba-canção bolero. Suas melodias possuem requinte e estão, intimamente, ligadas às letras em um trabalho métrico invejável.

Do que mais se influencia? Para a construção de suas músicas, ele tinha o cenário urbano do Rio de Janeiro, ao qual sempre fez parte. Fala de malandros, de bêbados, de mulheres traídas, de prostitutas. Depois, o cenário político brasileiro, em especial a ditadura militar, levaria a compor bastante. Sempre foi um compositor que buscou retratar o povo brasileiro. É da época em que o rock internacional explodia com Elvis Presley, mas também escutava os sambas de Noel Rosa. Influenciou-se muito da Bossa Nova.

Quais as composições mais lembradas? São muitas, mas podemos citar Teresinha, Cálice, Apesar de você, Atrás da porta, O meu amor, Construção e Morena de Angola.

O que a sua música representa para a MPB? Uma forte atuação em protesto contra a ditadura militar, uma beleza genial com letras de um significado muito próximo e identificável com o universo da mulher.

Fonte: Chico Buarque. Disponível em: http://cifrantiga3.blogspot.com.br/2006/04/chico-buarque.html. Acesso em 9 de fevereiro de 2014.

Ensaios: Samba em prelúdio (Vinicius de Moraes e Baden Powell)

Por Clara Albuquerque
DRT/PE 4916

O Ensaios de hoje será com a música Samba em prelúdio de Vinicius de Moraes e Baden Powell interpretada pelo violonista Newton Banks Jr. O vídeo, filmado e editado por Clara Albuquerque, foi gravado no Estúdio Mais, situado no bairro de Campo Grande, em Recife. Para conferir mais vídeos de ensaios e recitais do projeto, acesse http://www.youtube.com.br/newtonbanks8. Aproveita e se inscreve no nosso canal!

5 perguntas sobre: Gente Humilde

Por Clara Albuquerque
DRT/PE 4916

O 5 perguntas de hoje traz cinco respostas sobre a música Gente Humilde.

Vinicius de Moraes, Chico Buarque e Garoto são os compositores de Gente Humilde

Vinicius de Moraes, Chico Buarque e Garoto são os compositores de Gente Humilde

Quando e por quem foi composta? É uma história curiosa: em 1952, o compositor Garoto escreveu a parte instrumental da música. Em 1970, quinze anos após a morte de Garoto, Baden Powell a mostrou a Vinicius de Moraes que a letrou em parceria com Chico Buarque de Holanda. Segundo Chico, a letra é, quase em sua totalidade, de Vinicius. Antes disso, um autor anônimo já havia posto uma letra na melodia de Gente Humilde.

O que diz e pra quem diz? Quando Garoto a compôs, inspirou-se nas casas e pessoas do subúrbio carioca. A música foi uma homenagem a eles. A letra de Vinicius e Chico fala do sofrimento das pessoas que passam dificuldades financeiras.

Que características lembram mais sua época? Pensando no contexto histórico musical de Garoto, é uma valsa brasileira com melodia que sugere versos longos.

O que o Brasil estava vivendo quando foi composta? 1952: foi o ano de criação do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Getúlio Vargas estava presidindo o país e assinou, neste ano, uma lei que limitava os lucros de multinacionais para o exterior. Morre o cantor Francisco Alves. 1970: a seleção brasileira de futebol foi tricampeã na copa do mundo que se realizou no México. O país estava vivendo a fase do milagre econômico.

O que é capaz de despertar? Provoca uma empatia muito grande por quem sofre e, ao mesmo tempo, uma sensação de que eles, que possuem motivos para entristecer por ausência de conforto e outros requisitos importantes, lutam e sorriem, enquanto outros sofrem por tão pouco.

No vídeo, abaixo, você pode ouvir a música Gente Humilde na voz de Chico Buarque.

Fontes:

Gente Humilde. Disponível em: http://cifrantiga3.blogspot.com.br/2006/06/gente-humilde.html. Acesso em 3 de fevereiro de 2014.

Gente Humilde (Chico Buarque-Garoto-Vinícius de Moraes) – Análise de Texto. Disponível em: http://mpbsapiens.com/gente-humilde-analise-de-texto/. Acesso em 3 de fevereiro de 2014.

1952 no Brasil. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/especial/2012/londres/historiadasolimpiadas/1952/brasil.shtml. Acesso em 3 de fevereiro de 2014.

Principais acontecimentos dos anos 70. Disponível em: http://www.suapesquisa.com/musicacultura/anos_70.htm. Acesso em 3 de fevereiro de 2014.